Tempo?

*Cesaréia de Filipe – ITU – SP – 04/02/2005

Quis evitar
Teus olhos
Mas não pude reagir
Fico à vontade então

Acho que é
bobagem
A mania de fingir
Negando a intenção

Quando um certo alguém
Cruzou o teu caminho
E te mudou a direção

Chego a ficar
sem jeito
Mas não deixo de seguir
A tua aparição

Quando um certo alguém
Desperta o sentimento
É melhor não resistir
E se entregar

(Coro)
Me dê a mão
Vem ser a minha estrela
Complicação
Tão fácil de entender
Vamos dançar
Luz vira madrugada
Explicação
Pra tudo o que eu viver

Quando um certo alguém
Desperta o sentimento
É melhor não resistir
E se entregar

(Repete Coro)

Nem 5 minutos
Titãs

Um momento, um olhar, um sorriso, uma palavra, um sentimento….. Eternidade!

2 thoughts on “Tempo?

  1. Haydée Svab disse:

    À vontade
    sinto-me
    para contar
    cantar
    comentar.
    Olha-me nos olhos
    e vê que não há razão
    para mudar a direção
    ou negar a intenção.
    Desconserta-te?
    Ficas sem jeito?
    Bobagem
    é resistir
    à vontade.

  2. Haydée Svab disse:

    Ai, esses blogs quebram toda a formatação.
    Alguém precisa explicar aos computeiros princípios de poesia concreta…
    Vou te mandar por email tb 😉

Deixe uma resposta