Quem não gosta de samba…

“…bom sujeito não é….”

“… é ruim da cabeça…”

“…ou doente do pé!”
Mulher, Patrão e Cachaça
Composição: ADONIRAN BARBOSA e OSWALDO MOLLES

Num barracão da favela do vergueiro

Onde se guarda instrumento
Ali, nóis morava em três.
Eu, violão da silveira, seu criado,
ela, Cuíca de Souza,
e 0 Cavaquinho de Oliveira Penteado
quando o cavaco centrava
e a Cuíca soluçava
eu entrava de baixaria
e a Ximangada sambava
bebia e sacolejava
dia e noite, noite e dia.

No barracão quando agente batucava
essa Cuíca marvada chorava como ela só
pois ela gostava demais do meu HIT
e bem baixinho gemia
gemia assim
como quem tem algum dodói
tudo aquilo era pra mim
gemeia e me olhava assim
como quem diz
alô, my boy
e eu como bom violão
carregava no bordão
caprichava o sol maior

Mais um dia, patrão, que horror
foi o rádio que anunciou com o fundo musical
Dona Cuíca de Souza
com Cavaco de Oliveira Penteado se casou!
Me deu uma coisa na claquete
eu ia pegá o cavaco
e o pandeiro me falou:
“Não seja bobo
Não se escrava
mulher, patrão e cachaça
em qualquer canto se acha
Não seja bobo
Não se escrava
mulher, patrão e cachaça
em qualquer canto se acha”

Em homenagem à cereja do bolo!

Uma opinião sobre “Quem não gosta de samba…

  1. haydee.svab disse:

    O RONCO DA CUÍCA
    De João Bosco e Aldir Blanc

    “Roncou, roncou
    Roncou de raiva a cuíca
    Roncou de fome
    Alguém mandou
    Mandou parar a cuíca
    É coisa dos homi
    Roncou, roncou
    Roncou de raiva a cuíca
    Roncou de fome
    Alguém mandou
    Mandou parar a cuíca
    É coisa dos homi

    A raiva dá pra parar, pra interromper
    A fome não dá, pra interromper
    A fome é raiva, é coisa dos homi
    A fome tem que ter raiva, pra interromper
    A raiva é a fome, de interromper
    A fome e a raiva, é coisa dos homi

    É coisas dos homi
    É coisa dos homi
    A raiva e a fome
    Mexendo a cuíca
    Vai ter que roncar”

Deixe uma resposta