Fatos e Boatos

Boato 1:
Estrutura financeira, administrativa e jurídica: um dos nossos maiores desafios! O Grêmio tem se mostrado deficiente nessa área, colecionando dívidas (é cara, o grêmio deve – e não é pouco, não, viu?!) e derrotas judiciais, que acabam por originar mais dívidas. Um bom exemplo disso é a recente perda da Cadopô, que perdemos para a prefeitura graças a dívidas relativas ao IPTU.” Trecho extraído da “Primeira Carta Aberta” da Chapa PolInova, concorrente ao Grêmio 2009.
Fato 1:
“Em 20 de dezembro de 2006 foi publicado no Diário Oficial da Cidade de São Paulo o Decreto Nº 48.021, assinado pelo então prefeito, Gilberto Kassab, que declara a Casa do Politécnico – Cadopô – como sendo de utilidade pública para fins de desapropriação para expansão do Arquivo Histórico do Municipal Washington Luiz, localizado no Edifício Ramos de Azevedo próximo à Avenida Tiradentes, vizinho à Cadopô.” Texto extraído do site do Grêmio Politécnico conforme link abaixo:
http://www.gremio.poli.usp.br/
Boato 2: “Se você não sabe como foi, eu te conto: foram feitas várias votações para saber se a Poli era contra ou a favor da greve. A decisão só saiu na 9ª votação, quando finalmente o “a favor”ganhou, após perder nas 8 contagens anteriores.” Trecho extraído da “Segunda Carta Aberta” da Chapa PolInova, concorrente ao Grêmio 2009.
Fato 2:
Os estudantes da Escola Politécnica da USP foram contrários à ocupação da reitoria da USP ocorrida em 2007. Esta decisão foi tomada em Assembléia no dia 1 de junho de 2007, e ratificada em outra Assembléia em 05 de junho de 2007. Estas Assembléias contaram com mais de 600 pessoas, cada! – Sendo a segunda maior que a primeira.
Para ver as atas das Assembléias clique nos links abaixo.
ATA da Assembléia de 01 de Junho de 2007
ATA da Assembléia de 05 de Junho de 2007

Tagged , , ,

One thought on “Fatos e Boatos

  1. Nathy disse:

    Pois eh, os caras realmente não sabem do que estão falando!!! Me surprende certas pessoas que viraram a casaca, antes defendiam uma coisa e agora estão apoiando e participando dessa chapa PolInova.

    Cada vez que leio mais tenho mais nojo dessa chapa, mas infelizmente é como a maioria dos politecnicos pensam.

    Ainda bem que existem as exceções!

Deixe uma resposta