Mensagem ao Candidado Paulo Teixeira

Na busca por um candidato a Dep. Federal, acabei por entrar no site[1] do Candidato Paulo Teixeira, que tem como uma de suas grandes temáticas a questão do Software Livre.

Porém o mesmo cometeu um grande erro ao utilizar em partes de seu site, em especial na parte sobre “inclusão digital”, a tecnologia proprietária Adobe Flash.

Em função disso tomei a liberdade de utilizar o “Fale Conosco” do site e enviar a mensagem abaixo ao candidato. Caso eu receba alguma resposta publicarei a mesma aqui.

Caros Paulo Teixeira e responsáveis pelo site e pela campanha.
Gostaria de utilizar este espaço de contato para fazer uma crítica.
Vejo que boa parte da atuação do candidato se relaciona diretamente com as ideologias do software livre, conhecimento livre, cultura livre e temas afins. Por repetidas vezes o candidato destaca que o software livre é ‘o caminho para livrar das multinacionais estrangeiras e ampliar a autonomia tecnológica do país’.
Porém vosso site contrasta diretamente com este discurso. A utilização de tecnologias proprietárias em seu site é preocupante, em especial na área “Inclusão Digital”. É impossível falarmos em inclusão digital utilizando tecnologias proprietárias e, em especial, a tecnologia proprietária da multinacional estrangeira Adobe chamada “Flash”. Este formato, proprietário, obriga que as pessoas que queiram ter acesso ao conteúdo tenham que se sujeitar a utilizar programas proprietários em seus computadores. Além disso, este tipo de tecnologia inviabiliza radicalmente o acesso a deficientes que necessitam de programas especiais, como leitores de tela por exemplo.
Dessa forma, faço duas sugestões.
1) Que seu site seja reformulado baseado nos princípios de utilização exclusiva de padrões abertos e que não seja feito o uso de nenhuma ferramenta proprietária. A utilização do novo padrão HTML5, integrado ao padrão aberto SVG já permite a substituição do Flash.
http://html5gallery.com/
2) Que você e seus desenvolvedores passem a utilizar um sistema operacional livre (considerando ai a não utilização de softwares proprietários dentro do sistema operacional, como, por exemplo, o plugin “flashplayer-nonfree”). Isso pode ajudar no processo de abandonar os softwares e formatos proprietários.
Atenciosamente,
Diego Rabatone Oliveira

Vamos ver….

==== Atualizando 07-09-2010 – 15h44m ====

Recebi a resposta do Sergio Amadeu (comentário abaixo no post), e respondi com o seguinte email:

Olá Sergio Amadeu,
tudo bem com você?
Então, a possibilidade mais interessante do posto de vista de recurso tecnológico seria utilizar, dentro das especificações do HTML5, o padrão SVG (ou Canvas) aliado a um pouco de JavaScript.
Porém, dentro das especificações HTML5 que já começaram a ser implementadas nos navegadores, o SVG ainda não está tão bem difundido (tanto firefox 3.* quanto internet explorer não possuem suporte ao SVG ainda).
Então uma alternativa que eu encontrei seria utilizar um plugin do wordpress chamado “JSXGraph – Graphics with JavaScript“.
No link abaixo tem alguns exemplos:
http://jsxgraph.uni-bayreuth.de/wp/examples/
Acho que pode ser uma alternativa interessante. Não sei exatamente no que vocês estavam pensando, mas acho que dá pra fazer muita coisa legal.
Entendo das dificuldades de se utilizar apenas SL, eu mesmo tenho grandes dificuldades, em especial na faculdade (curso engenharia), mas às vezes precisamos fazer algumas escolhas. Espero poder contribuir para que vocês consigam fazer mais uma escolha em favor do Software Livre.
Claro que nem sempre as escolhas estão em nossas mãos como, por exemplo, no uso de “ferramentas” como twitter, orkut e facebook para divulgação e aproximação com a população, mas a escolha de não usar IPhone depende apenas de nós! =)
Gostaria apenas de colocar mais uma questão, levantada por um amigo meu num comentário em meu blog. Um tema fundamental a ser tratado é o de Dados Abertos Governamentais, não vi ainda se vocês possuem propostas neste sentido, mas sei que conhecem do tema.
Inclusive estive no CONSEGI, mas não pude acompanhar sua palestra, Sergio, pois estava numa oficina.
Agradeço a resposta e parabenizo-os pela abertura a novas ideias.
Abraços,

[1] http://www.pauloteixeira13.com.br

Tags , , , ,

7 opiniões sobre “Mensagem ao Candidado Paulo Teixeira

  1. diraol disse:

    Recebi um email solicitando meu telefone de contato, respondi mas ainda não recebi nenhuma ligação e/ou outro email.

  2. Sergio Amadeu disse:

    Caro Diego
    Agradeço imensamente pela crítica. Sou apoiador do Paulo Teixeira e trabalho com software livre há bastante tempo. Estamos fazendo alguns infográficos animados voltadas a temas polêmicos e que precisam chamar a atenção. Por exemplo, amanhã lançaremos o infográfico que explica a política de descriminalização de drogas e de redução de danos.
    Gostaríamos de contar com o seu apoio para encontrar uma alternativa para criarmos os infográficos animados. Se vc puder nos indicar uma alternativa ficarei muito agradecido.

    Gostaria de informá-lo que todo nosso site de campanha é em software livre. Acho que o único uso de tecnologia proprietária foi o dos infográficos (não encontramos alternativas). Sem dúvida, também em nossas máquinas com Ubuntu, infelizmente, instalamos os plug-in flash player no-free para podermos visualizar os vídeos no youtube. Apesar de preferirmos o identica somos obrigados a dialogar no twitter, facebook e orkut. Não usamos Macs, nem i-Phones, e estamos tentando encontrar uma alternativa barata para o gmail.

    Deixei meu e-mail e aguardo o seu retorno.
    Obrigado

  3. Meus Caros, talvez fosse uma excelente bandeira de campanha ao candidato Paulo Teixeira, além da necessária liberdade intelectual promovida pelo software livre, os dados governamentais abertos (open data gov). Em alguns países isso já está encaminhando-se uma realidade admirável: data.gov, data.gov.uk, data.gov.au são alguns exemplos disso. Recursos tecnológicos para isso já existem! Um data.gov.br seria louvável. Um data.sp.gov.br então, apesar de improvável no contexto atual, seria o reflexo de alguma transparência e accountability para além da mera performance… Ficam como sugestões! Abraços!

  4. diraol disse:

    Atualizando o post com a minha resposta.

  5. Sergio Amadeu disse:

    Excelente dica! Vou reunir o pessoal do comite digital. Proporei um mutirão para tentarmos montar o infográfico com o mix que vc propõe. Além disso, acho que a proposta do Leandor Salvador é fundamental.
    O Paulo Teixeira encaminhou uma série de emendas no projeto de Lei do direito à informação contendo a concepção do data.gov .
    Acho importante fazer um material esclarecendo esta questão, inclusive para implementá-la na gestão da Dilma.
    Caso tenhamos dificuldades na montagem do infográfico podemos pedir uma ajuda?

  6. diraol disse:

    Nunca usei esse plugin, mas no que eu puder ajudar estou à disposição.

Deixe uma resposta