Mão na M…..

“Pq a galera não põe a mão na massa e para de reclamar?”
Bem… pq qdo “a galera’ põe a mão na massa, ou tenta, é cerceada ou ignorada….
Exemplos?
1) Premissa 1: EU já havia dito, em reunião geral, que não poderia participar das reuniões gerais por motivos pessoais (conflito de horários com outra atividade que não posso perder).
Premissa 2: Havia sido instituido pela reunião geral do Grêmio Politécnico que a organização da Pauta para a Reunião Geral seria a Seguinte:
….. A) As pautas deveriam ser inseridas no Fórum (http://www.gremio.poli.usp.br/forum) até as 23h59 do dia anterior à reunião.
….. B) Após as 23h59 do dia anterior, qualquer pauta que se desejasse inserir no fórum deveria ser enviada por escrito à Secretária do Grêmio Politécnico.
….. C) Outra forma de colocar pauta na reunião Geral do Grêmio Politécnico é estando presente na mesma fazer o pedido de inserção de pauta.
Na reunião geral do dia 10/02 foi debatida a questão da sala denominada “Comunicação”, que a mesma deveria ser organizada e ter computadores funcionando. Eu fiquei como responsável por fazer tal organização (sem estar presente à reunião).
Aceitei sem problemas, e, juntamente com o Caio Fattori, organizei o que foi possível. Deixamos 4 computadores funcionando perfeitamente.
Pensando num melhor funcionamento do Grêmio – que consistiria na sala Comunicação em pleno funcionamento e na Secretaria não tumultuada para utilização dos computadores – também fiz um levantamento das necessidades de renovação de infra-estrutura, do ponto de vista de informática, do Grêmio. Este levantamento contemplou uma renovação da infra-estrutura de rede e a compra de novos computadores. Tal levantamento foi parcialmente colocado como pauta dia 21/02 para a Reunião Geral do dia 26/02. No próprio dia 26/02 eu coloquei uma descrição bem detalhada dos equipamentos e investimentos a serem feitos, com opções de cotação para tudo. Porém ninguém sequer leu o que estava escrito no fórum. No dia seguinte, eu fiquei puto ao ler a ata da Geral e ver que o tópico nem ao menos foi citado na reunião! Acabai tendo de ouvir que “as pessoas não leêm mesmo o que está escrito, ninguém lê o que eu escrevo”. Depois ouvi, também, que o problema é que as pessoas não conheciam como funciona o fórum direito (o que não me convenceu, pois quase a totalidade desta gestão atual esteve presente em reuniões gerais ano passado, nas quais nós liamos o conteúdo dos tópicos postados no fórum). Me dei ao trabalho de explicar a algumas pessoas nessa mesma semana sobre a importância de ler o que foi escrito no fórum, utilizando como exemplo o caso da revista “Caros Amigos”, que passou nessa geral do dia 26, e que foi aprovado o pagamento da assinatura da revista, mesmo eu tendo escrito no fórum que o Grêmio nunca pagou tal assinatura, nós ganhamos a assinatura (por 2 anos consecutivos!) – E ninguém leu!
Bem, na semana seguinte (04/03) coloquei como pauta “Pautas da Reunião passada que não foram discutidas”. E o que aconteceu? Claro… a pauta não foi discutida novamente… Para a reunião do dia 11/03 o Leonardo Ramos colocou como pauta “Pautas pendentes da Geral Passada”… Mas nada das pautas serem discutidas novamente…. Além disso o Leonardo havia colocado, também, como pauta, “Bugiganga dos computadores”, dizendo que uma mulher havia pedido ao Grêmio que doasse os “restos” de computadores que estavam jogados na sala da comunicação à ONG que ela faz parte. Nada na geral também. Ai, no dia 1 de abril, durante uma discussão sobre o acesso à secretaria (em função do globo roubado durante o integra), o Marcus faz a sugestão de que alguém entre em contato com o Maurício (ex-funcionário) para que ele desse sugestões sobre os computadores! (Não sei se algo foi deliberado algo sobre, mas na ata da respectiva reunião não consta nada – Aliás, existe pelo menos 1 ata (18/03) que não foi enviada).
Além disso, durante o evento da Compra Coletiva (no máximo 1 semana depois de os computadores terem sido colocados em funcionamento) os computadores foram desligados e colocados no chão, as mesas foram levadas para fora da sala para serem utilizadas na compra.
As mesas só voltaram para a sala mais de um mês depois dessa data início da Compra Coletiva.
Por diversas vezes (antes e depois das mesas voltarem à sala) eu ouvi de várias pessoas o seguinte (tanto durante o período com mesas como após ele): “Ah, os computadores daqui não estão funcionando”.
Detalhe que ninguém sequer tentou ligar tais computadores novamente, eles estavam completamente desligados no chão da sala desde o primeiro dia da Compra Coletiva.
Durante este período um dos computadores que estavam no Poliglota (“Bart”) foi levado à sala da Secretaria do Grêmio, com o intuito de ser um computador exclusivo para a Diretoria (vide pauta em alguma(s) geral(is) e adesivo colado no monitor do mesmo).
Da comunicação o que restou além de um monte de computadores jogados pelos cantos foi 1 computador, que creio ter sido o Thiago (funcionário) a ligá-lo (pois já estava funcionando).
Para completar, para a reunião do dia 15/04, eu coloquei no fórum como pauta o mesmo tema, mas com um enfoque diferente. Propus que a diretoria do Grêmio entrasse em contato com o CCE (Centro de Computação e Eletrônica da USP) para que eles fizessem a manutenção dos computadores e até mesmo a renovação da infra-estrutura de rede e de computadores do Grêmio (lógico que isso tem um custo, mas é abaixo do mercado, além de a gestão em si não precisar mexer a bunda, já que eles fazem todo o projeto). Nem preciso dizer que não foi passado na geral né?
Bem, percebe-se que falta de tentativa de ajudar não é o caso!
Aliás, para dar um prejuízo de R$30.000,00 numa festa o Grêmio pode gastar…
Para pagar R$18.000,00 em um trio-elétrico para um evento da Atlética (sendo que o mesmo não é fundamental ao evento), com um suposto “plano maior” e até mesmo com lucro (já que o Grêmio está na pindura), que não sei em que instância do Grêmio foi discutido (talvez na instância corredódromo, já que em nenhuma ata de reunião geral consta tal plano), não se questiona muito.
Agora, na hora de comprar uma impressora, cerceia-se o uso de um departamento (afinal, “Compraremos a impressora que deverá ser usada apenas para assuntos do Grêmio”, não pode ser usada pelo Cursinho afinal, ele é um projetinho meia-boca que não dá certo e não envolve os politécnicos e dissemina cultura). Na hora de se tirar 12 reais em xérox para panfletar um evento GTP+Grêmio+Cursinho (aberto a qualquer pessoa), cogita-se dividir os custos entre o GTP e o Cursinho. Na hora de pensar levar os computadores velhos que estão jogados no Grêmio para o Escritório Piloto, questiona-se que “temos que ver se o EP estiver firme passamos os computadores” [ainda bem que não foi um pedido de verba para compra de novos computadores! – Aliás, pq o EP precisaria de novos computadores? Para trabalhar com projetos de engenharia?]
Inclusive, quando eu fui questionar as pessoas do motivo pelo qual as minhas pautas não passam em geral, a resposta que eu ouço é: “Ah, não tem como discutir uma pauta sem quem a colocou estar presente”. Portanto, concluo que as pessoas que não podem aparecer na geral não tem o direito de se expressar nessa gestão do Grêmio. Mas é como disse o Gui, “na hora de falar de auxilio, precisamos pensar como se o gremio nao tivesse dinheiro, mas quando é pra fazer alguma coisa q dá um prejuízo, ninguem tá nem aí, o gremio tem dinheiro mesmo”
Giulia, se você não gosta de ouvir críticas (que nem foram pessoais, foram ao coletivo!), desculpe-me, mas você está no lugar errado, quem quer representar as pessoas TEM que estar aberto a ouvir críticas. Concordo que a crítica pela crítica não serve de nada, mas se a crít
ica construtiva não é ouvida, ela se torna crítica pela crítica!
Aliás, pra finalizar, eu não preciso de 3 horas pra ver o que vocês estão fazendo, não tem 3 horas de informações sobre o que está sendo feito em lugar nenhum! E do que está sendo feito, basta uma rápida olhada para encontrar bizarrices!

Bem, se quiserem jogar meu e-mail na caixa de SPAM fiquem à vontade, mas essa gestão não está fazendo o Grêmio para os Politécnicos, e muito menos ouvindo-os! Com um Congressao da USP às vias de iniciar-se o foco das discussões se mantém em FESTA. Acho que pra isso o CEC (via Girafales) já está fazendo um bom trabalho, melhor inclusive que o Grêmio! É engraçado como as pessoas, quando têm o poder em mãos, caem nas mesmas práticas que antes criticavam (ou ainda criticam)!

Atenciosamente,

Diego

Dias melhores pra sempre….

Dias Melhores
Jota Quest

Composição: Rogério Flausino

Vivemos esperando
Dias melhores
Dias de paz, dias a mais
Dias que não deixaremos
Para trás
Oh! Oh! Oh! Oh!…

Vivemos esperando
O dia em que
Seremos melhores
(Melhores! Melhores!)
Melhores no amor
Melhores na dor
Melhores em tudo
Oh! Oh! Oh!…

Vivemos esperando
O dia em que seremos
Para sempre
Vivemos esperando
Oh! Oh! Oh!
Dias melhores prá sempre
Dias melhores prá sempre
(Prá sempre!)…

Vivemos esperando
Dias melhores
(Melhores! Melhores!)
Dias de paz
Dias a mais
Dias que não deixaremos
Para trás
Oh! Oh! Oh!…

Vivemos esperando
O dia em que
Seremos melhores
(Melhores! Melhores!)
Melhores no amor
Melhores na dor
Melhores em tudo
Oh! Oh! Oh!…

Vivemos esperando
O dia em que seremos
Para sempre
Vivemos esperando
Oh! Oh! Oh!…

Dias melhores
Prá sempre…(4x)

Uh! Uh! Uh! Oh! Oh!
Prá sempre!
Sempre! Sempre! Sempre!…

Dée,
Cada dia ao seu lado é um dia melhor, a cada dia que passo contigo me sinto mais feliz. Estar ao seu lado é sempre muito maravilhoso. Adoro experimentar novos sabores, novas sensações, novas emoções contigo.
Obrigado por tudo, por me fazer feliz!

Te Amo
Beijos

Pequenos momentos

diii152
São os pequenos momentos que fazem nossas vidas valerem à pena.
Arriscar sair num fim da tarde para um local não muito conhecido, com um caminho tortuoso e desconhecido, sob um clima de chuva, frio, e nada propício, em princípio, a aventuras ecoturísticas costuma não ser a decisão da maioria das pessoas. Mas, quando estamos ao lado de alguém que amamos, e que nos faz bem, às vezes somos impelidos a cometer “loucuras”, e muitas vezes estas nos trazem grandes surpresas, e se demonstram não tão loucas assim.
Quando, no fim do dia, aquele tempo ruim desaparece, um sol bonito e gostoso surge lá em cima, naquela “frestinha de céu”, e você consegue curtir essa natureza maravilhosa, quase inexplorada, ao lado de quem tanto ama, você percebe o quanto vale à pena se arriscar por alguns instantes de paz, tranquilidade, e tudo mais que possa-se pensar que represente o Amor.
É inexplicável a sensação de estar ao lado de alguém que tanto nos quer bem, que nos ajuda a crescer, que está ao nosso lado quando temos problemas e dificuldades, enfim, quando precisamos e quando não precisamos também!
Voltei ao Blog depois de um bom tempo, e já com o carro concertado! rs.
E espero ficar por aqui mais algum tempo, sem prespectivas de sair!

Ai ai……

Ow semaninha do cão viu…. estou escrevendo pq não vou conseguir dormir agora.
Saí da festa de aniversário da minha irmã umas 3 e pouco, com o carro abarrotado de coisas da festa, passei em casa, deixei algumas, e fui levar a Dée para a casa dela. Isso já umas 4 da manhã. Quando estava voltando, o que era a última coisa que faltava me acontecer? Pois é, bati meu carrinho lindo e amado. Acho que não fez nenhum arranhãozinho no carro da japa (era um Fox, eu acho), mas o meu se fudeu. Aparentemente estourou o radiador do carro. Nem percebi se ela tinha ou não engate no carro. De qualquer forma, só consegui chegar em casa pq foi aqui perto, e dali pra frente era praticamente tudo descida, ai consegui ir com o carro desligado, sem esquentar o motor para ele não fundir… =/
Acho que foi uma das piores semanas da minha vida, ainda bem que eu tenho a Dée do meu lado pra salvar!!!!
Dée, te amo muito viu!…. obrigado por tudo, e desculpa por ser teimoso!!!!!!!!!
Vou tentar dormir um pouco…
Bjs e Abraços,

Diego

Je t’aime

*Comemoração das bodas de prata do casamento dos meus pais (09-10-2007)

O meu amor tem um jeito manso que é só seu
E que me deixa louca quando me beija a boca
A minha pele toda fica arrepiada
E me beija com calma e fundo
Até minh’alma se sentir beijada

O meu amor tem um jeito manso que é só seu
Que rouba os meus sentidos, viola os meus ouvidos
Com tantos segredos lindos e indecentes
Depois brinca comigo, ri do meu umbigo
E me crava os dentes

Eu sou sua menina, viu? E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha do bem que ele me faz

O meu amor tem um jeito manso que é só seu
De me deixar maluca quando me roça a nuca
E quase me machuca com a barba mal feita
E de pousar as coxas entre as minhas coxas
Quando ele se deita

O meu amor tem um jeito manso que é só seu
De me fazer rodeios, de me beijar os seios
Me beijar o ventre e me deixar em brasa
Desfruta do meu corpo como se o meu corpo
Fosse a sua casa

Eu sou sua menina, viu? E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha do bem que ele me faz

O Meu Amor
Chico Buarque

You’re just too good to be true
Can’t take my eyes off of you
You’d be like heaven to touch
I wanna hold you so much
At long last love has arrived
And I thank God I’m alive
You’re just too good to be true
Can’t take my eyes off of you

Pardon the way that I stare
There’s nothing else to compare
The sight of you leaves me weak
There are no words left to speak
But if you feel like I feel
Please let me know that it’s real
You’re just too good to be true
Can’t take my eyes off of you

I love you baby and if it’s quite all right
I need you baby to warm the lonely nights
I love you baby, trust in me when I say
Oh pretty baby, don’t bring me down I pray
Oh pretty baby, now that I’ve found you stay
And let me love you baby, let me love you

You’re just too good to be true
Can’t take my eyes off of you
You’d be like heaven to touch
I wanna hold you so much
At long last love has arrived
And I thank God I’m alive
You’re just too good to be true
Can’t take my eyes off of you

I love you baby and if it’s quite all right
I need you baby to warm the lonely nights
I love you baby, trust in me when I say
Oh pretty baby, don’t bring me down I pray
Oh pretty baby, now that I’ve found you stay
Oh pretty baby, trust in me when I say

Can`t take my eyes off of you
written by Bob Crewe and Bob Gaudio, was a 1967 single by Frankie Valli

How do I,
Get through the night without you?
If I had to live without you,
What kind of life would that be?
Oh, I
I need you in my arms, need you to hold,
You’re my world, my heart, my soul,
If you ever leave,
Baby you would take away everything good in my life,

And tell me now
How do I live without you?
I want to know,
How do I breathe without you?
If you ever go,
How do I ever, ever survive?
How do I, how do I, oh how do I live?

Without you,
There’d be no sun in my sky,
There would be no love in my life,
There’d be no world left for me.
And I,
Baby I don’t know what I would do,
I’d be lost if I lost you,
If you ever leave,
Baby you would take away everything real in my life,

And tell me now,
How do I live without you?
I want to know,
How do I breathe without you?
If you ever go,
How do I ever, ever survive?
How do I, how do I, oh how do I live?

Please tell me baby,
How do I go on?

If you ever leave,
Baby you would take away everything,
I need you with me,
Baby don’t you know that you’re everything,
Real in my life?

And tell me now,
How do I live without you,
I want to know,
How do I breathe without you?
If you ever go,
How do I ever, ever survive?
How do I, how do I, oh how do I live?

How do I live without you?

How do I live without you baby?

How do I live
Autora: Leann Rimes

Each little moment is unique


*Foto tirada pela Haydée sábado, 29-09-07, em Cabuçu (Guarulhos – SP), no evento do plantio de árvores do projeto Formando Cidadão.


AMOR

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração para de funcionar
por alguns segundos, preste atenção. Pode ser a pessoa mais importante da
sua vida.

Se os olhares se cruzarem e neste momento houver o mesmo brilho intenso
entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o
dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante e os olhos
encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do dia for essa pessoa, se a vontade de
ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um
presente divino: o amor.

Se um dia tiver que pedir perdão um ao outro por algum motivo e em troca
receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais
que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um pro outro.

Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a
outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las
com ternura, que coisa maravilhosa: você poderá contar com ela em qualquer
momento de sua vida.

Se você conseguir em pensamento sentir o cheiro da pessoa como se ela
estivesse ali do seu lado… se você achar a pessoa maravilhosamente linda,
mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos
emaranhados…

Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que
está marcado para a noite… se você não consegue imaginar, de maneira
nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado…

Se você tiver a certeza que vai ver a pessoa envelhecendo e, mesmo assim,
tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela… se você preferir
morrer antes de ver a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida. É uma
dádiva.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou
encontram um amor verdadeiro. Ou às vezes encontram e por não prestarem
atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer
verdadeiramente.

É o livre-arbítrio. Por isso preste atenção nos sinais, não deixe que as
loucuras do dia a dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: o amor.

Autor: Carlos Drummond de Andrade

Cores, Amores, Sabores…

*Uma pequena brincadeira de composição de fotografia
…………….
Respiração
……………..respira
………………………ação
………………….piração
…………….Iluminação
…………….Ilumina
…………….……….ação
……………………….ção
…………………coração
…………………cor
…………………..or
……………..ardor
……………..Amor

Que semana que eu estou tendo! Situações estranhas, situações constrangedoras, mas menos do que esperado, situações tensas, mas, no fim, a somatória é mais que positiva!